Na Itália, bikes vendem mais do que carros em 2012

Fonte: http://www.mobilize.org.br
Autor: Da redação  |  Postado em: 24 de maio de 2013  |  Fonte: ANSA

A bike freou a tendência de aumento do uso do carro na Itália. No Brasil, foram produzidas 4,5 milhões de bicicletas em 2012.

Uso de bikes como transporte é incentivado na Itá

Uso da bike é incentivado na Itália
créditos: Bike Europe

As vendas de bicicletas superaram as de automóveis na Itália em 2012 pela primeira vez em 48 anos, informou nesta sexta-feira (24) o subsecretário do Ministério dos Transportes e Infraestrutura da Itália, Erasmo D’Angelis, durante a conferência nacional sobre a mobilidade sustentável, que ocorreu hoje cedo em Bolonha.

Segundo ele, no ano passado foram matriculadas 1.650.000 bicicletas na Itália, enquanto o licenciamento de automóveis novos foi de 1.400.000 unidades. “Muitas prefeituras, apesar dos cortes nos orçamentos, estão encorajando a nova mobilidade urbana ecológica. No ministério, estão em estudo medidas para incentivar o uso da bicicleta e aproximar as ciclovias do trajeto casa-trabalho-escola. Esse é o caminho certo para melhorar a qualidade do ar, a qualidade de vida dos italianos e a atratividade das nossas cidades”, afirmou D’Angelis.

A autoridade disse ainda que o uso da bicicleta freou a tendência de aumento do uso do automóvel “que levou o país ao recorde de 62 automóveis para cada grupo de 100 habitantes, um terço acima da média europeia”.

D’Angelis afirma que é preciso incentivar os jovens a usarem as bicicletas, interrompendo a cultura do uso do automóvel, pelo menos nos deslocamentos urbanos e de curta distância. “Apesar de 86% das famílias italianas estarem próximas às escolas, a menos de quinze minutos das escolas elementares, médias e superiores, pelo menos 10 milhões de pessoas fazem o trajeto de carro a cada dia, dando uma contribuição importante aos congestionamentos, à emissão de poluentes e estimulando os jovens no hábito do deslocamento motorizado”, destacou.

Brasil

No nosso país, as bicicletas não necessitam de emplacamento, por isso não há como fazer o controle sobre o número de veículos vendidos, ou mesmo estabelecer comparações com os dados do setor automobilístico, esclareceu ao Mobilize a assessoria de imprensa da Abraciclo (Associação Brasileiras dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Bicicletas e Similares).

Os dados levantados pela Abraciclo referem-se à produção nacional de bicicletas no Brasil (veja o gráfico), que tem girado em torno de 5 milhões de unidades por ano, variando pouco nos últimos anos segundo a entidade. Em 2012, houve uma sensível queda: a produção de bicicletas ficou em 4,5 milhões, informa em primeira mão a Abraciclo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s